Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento venezuelano levanta imunidade a ex-deputada socialista por alegada corrupção

Lusa

  • 333

Caracas, 13 nov (Lusa) - A Assembleia Nacional venezuelana (Parlamento) aprovou, terça-feira, o levantamento da imunidade parlamentar, por alegada corrupção, de Maria Mercedes Aranguren, uma deputada que abandonou o Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv) e se declarou independente.

O levantamento da imunidade foi aprovado pela maioria socialista, com os votos contrários da oposição, e ocorreu depois de o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela decidir que há méritos para levar a deputada a julgamento por alegado peculato doloso próprio, associação para cometer delito e legitimação de capitais.

Segundo o deputado socialista Pedro Carreño, as investigações determinaram que Maria Mercedes Aranguren estaria envolvida em irregularidades na contratação de grupos musicais internacionais que foram pagos com 'dólares não oficiais' por uma empresa que a deputa preside.