Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento são-tomense acusa um dos principais partidos de procurar "uma grande crise"

Lusa

  • 333

São Tomé, 27 dez (Lusa) - O parlamento são-tomense acusou hoje o grupo parlamentar da Ação Democrática Independente (ADI), na oposição desde a demissão do Governo, no início do mês, de tentar "instaurar uma grande crise na Assembleia Nacional e provocar eleições legislativas antecipadas".

Em comunicado lido pelo seu porta-voz, Hilário do Espírito Santo, o parlamento acusa os deputados da ADI de "transferir para a rua" o local onde se deve fazer política.

"A casa da democracia é a Assembleia Nacional e os partidos políticos com assento parlamentar devem fazer política no parlamento e não na rua", diz o comunicado, numa referência ao facto de os deputados da ADI terem abandonado a sua bancada na Assembleia Nacional.