Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento debate hoje reforço de transparência da propriedade de títulos de media

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 dez (Lusa) - O Parlamento discute hoje um projeto do PS para reforçar a "transparência" da propriedade dos órgãos de comunicação social, texto que prevê a obrigatoriedade de publicitação de participações para quem detenha mais de cinco por cento do capital social.

Em declarações recentes à agência Lusa, a vice-presidente da bancada socialista, Inês de Medeiros, considerou que em Portugal "está instalada a suspeição sobre questões de titularidade na comunicação social porque há uma falta de clareza de regras incompreensível e que não faz sentido".

"Com este projeto, o PS não quer limitar nenhuma operação de compra ou de venda, nem quer saber se está em causa capital nacional ou estrangeiro. Ao setor da imprensa pode perfeitamente aplicar-se o conjunto de normas de transparência existentes na Comissão de Mercados de Valores Mobiliários (CMVM)", sustentou Inês de Medeiros.