Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento corta despesas de funcionamento para pagar subsídios de férias de 3 ME

Lusa

  • 333

Lisboa, 7 jun (Lusa) - A Assembleia da República vai cortar nos custos de funcionamento para suportar os encargos com o pagamento dos subsídios de férias dos funcionários, na ordem dos três milhões de euros, foi hoje anunciado.

De acordo com um comunicado hoje divulgado, o Conselho de Administração da Assembleia da República (AR) decidiu "proceder a um reforço adicional das poupanças dos custos de funcionamento, tendo em vista absorver integralmente o impacto daquela despesa".

A AR pretende assim evitar "o recurso extraordinário às finanças públicas" para fazer face ao pagamento dos subsídios e respetivos encargos sociais, na ordem dos três milhões de euros.