Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento cipriota adota plano de resgate por curta maioria

Lusa

  • 333

Nicósia, 30 abr (Lusa) -- O parlamento cipriota aprovou hoje por uma curta maioria o plano de resgate europeu que prevê um empréstimo de 10 mil milhões de euros em troca de contrapartidas draconianas para impedir que Chipre entre na bancarrota.

O acordo, concluído com a União Europeia (UE), o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Central Europeu (BCE), foi adotado com o voto de 29 deputados, ao passo que 27 votaram contra, segundo imagens da votação transmitidas em direto pela televisão privada Sigma.

Os deputados do partido de direita no poder Disy, os do seu parceiro centrista Diko e o único deputado do Evroko, outro partido centrista, aprovaram o plano.