Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paraguai: Fernando Lugo aceita "injusta" destituição em nome da paz

Lusa

  • 333

Assunção, 24 jun (Lusa) -- O ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, disse no sábado aceitar a sua "injusta" destituição em nome da paz, mas acusou os deputados de "menosprezarem a democracia", com o gesto.

"Eles não respeitaram a vontade popular", afirmou Fernando Lugo, numa inesperada aparição durante um protesto de rua na capital Assunção, em que apelou aos mais de 500 manifestantes contra a sua destituição para manterem uma postura pacífica.

"Mais violência não", declarou o ex-presidente, cuja destituição foi aprovada na sexta-feira por 39 senadores, com apenas quatro votos contra.