Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Para diretor do Giro, positivo de Di Luca é um caso de dependência

Lusa

  • 333

Val Martello, Itália, 24 mai (Lusa) -- O diretor da Volta a Itália, Michele Acquarone, disse hoje que o positivo por EPO do ciclista italiano Danilo Di Luca se deve a "um caso de dependência".

"Eu acredito num corredor que me olha nos olhos e me diz `errei´. Mas, quando ele reincide, para mim trata-se de uma dependência. É um rapaz que precisa de ajuda", defendeu.

Para o diretor do Giro, foi "estúpido" da parte de Di Luca não perceber que "a música mudou".