Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paquistão vai acabar com moratória da pena de morte para casos de terrorismo

Lusa

Islamabad, 17 dez (Lusa) -- O Paquistão vai acabar com a sua moratória sobre a pena de morte nos casos relacionados com terrorismo, anunciou hoje o gabinete do primeiro-ministro, um dia depois de um atentado talibã perpetrado numa escola ter feito 141 mortos.

O atentado de terça-feira, o ataque terrorista mais sangrento da história do Paquistão, ocorrido numa escola pública militar da cidade de Peshawar, no noroeste do país, desencadeou uma onda de revolta generalizada e condenações por parte da comunidade internacional.

"O primeiro-ministro aprovou a abolição da moratória sobre a execução da pena de morte em casos relacionados com terrorismo", disse fonte do gabinete do primeiro-ministro, Nawaz Sharif.