Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paquistão refuta acusação da Índia sobre ataque em Caxemira

Lusa

  • 333

Islamabad, 14 mar (Lusa) - O Paquistão condenou veementemente a acusação da Índia de que os rebeldes que mataram, esta quarta-feira, cinco paramilitares da polícia indiana em Caxemira atravessaram a fronteira.

O secretário do Interior indiano, R.K. Singh, afirmou que os dois homens armados, que morreram no ataque no disputado território, aparentam "não ser locais, mas oriundos do outro lado da fronteira".

O ataque de quarta-feira foi o mais mortífero para as forças de segurança indianas em quase cinco anos e surge dois meses depois de seis soldados terem sido mortos em troca de tiros junto à fronteira de Caxemira, região reivindicada por ambos os países.