Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa: Sucessor deve dar continuidade ao trabalho de Bento XVI -- Diocese de Bissau

Lusa

  • 333

Bissau, 22 fev (Lusa) -- A diocese de Bissau classificou hoje a renúncia do papa como um "ato de fé e de coragem", esperando que o seu sucessor seja alguém que dê continuidade ao trabalho iniciado por Bento XVI.

Segundo o vigário geral da diocese de Bissau, padre Queilandio Adulai Djakité, a notícia foi recebida "com surpresa mas é um ato de fé" que "demonstra a maturidade do papa" e não prejudica a igreja.

Para o sacerdote, a renúncia "não enfraquece a Igreja" mas abre agora a "possibilidade de o Papa renunciar por causa da idade ou da saúde. É um ato de fé que torna a Igreja ainda mais forte", observou o vigário da diocese de Bissau.