Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa: Francisco pode ser promotor de amizade com a China - Bispo de Macau

Lusa

  • 333

Macau, China, 14 mar (Lusa) - O bispo de Macau considera que o novo papa vai assumir a missão de renovar a Igreja, como os jesuítas no século XVI, podendo, com o espírito de São Francisco de Assis, promover uma amizade com a China.

"Pensamos que este papa seria, pelo seu caráter e virtudes, um bom promotor desta unidade, amizade e fraternidade com a China", disse hoje o bispo de Macau, José Lai, em declarações à agência Lusa.

As relações entre a China e a Santa Sé estão cortadas desde a tomada do poder pelo Partido Comunista Chinês (PCC), em 1949, por o Vaticano manter relações diplomáticas com Taiwan, que Pequim considera uma província da China, além de não reconhecer a Igreja Católica Patriótica Chinesa.