Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa apela à "garantia de proteção jurídica do embrião"

Lusa

  • 333

Vaticano, 12 mai (Lusa) - O papa Francisco apelou hoje solenemente à "garantia de proteção jurídica do embrião", para "proteger todos os seres humanos desde o primeiro momento da sua existência".

Na oração do Regina Coeli, o papa, que nunca havia falado de forma tão explícita destes temas sensíveis, saudou os participantes de uma grande marcha popular de diferentes paróquias e membros de organizações "pró-vida" vindos de vários lugares na Europa.

Francisco, cujas posições conservadoras sobre estas questões já eram conhecidas de quando foi arcebispo de Buenos Aires, convidou a que se mantenha "a atenção de todos sobre este tema muito importante, de respeito pela vida desde a conceção".