Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa: Advogado norte-americano ameaça processar Bento XVI e cardeal mexicano por "abuso de menores"

Lusa

  • 333

Cidade do México, 28 fev (Lusa) -- O advogado norte-americano Jeef Anderson, que representa centenas de vítimas de abusos sexuais cometidos por sacerdotes católicos, anunciou em declarações à CNN que vai processar o papa Bento XVI, que hoje resignou, por violação de direitos humanos.

Em declarações à cadeia televisiva norte-americana na noite de quarta-feira, Anderson, fundador da Jeff Anderson e Associados em St. Paul, Minnesota, considerou que o papa Bento XVI e o cardeal mexicano Norberto Rivera Carrera "merecem estar na prisão"e disse que já decorrem recursos em tribunais dos Estados Unidos e no tribunal de Haia por violação dos direitos humanos de menores.

Num artigo de opinião hoje divulgado na página da internet da CNN, o advogado considera ainda que "a autoridade moral e o futuro da Igreja Católica Romana" dependem da "necessária abordagem do novo papa face aos abusos sexuais de crianças cometidos nas suas fileiras".