Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Palácio da Justiça sem luz obriga a adiamento de julgamentos

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 fev (Lusa) -- O Palácio da Justiça, em Lisboa, esteve hoje sem luz o que levou ao adiamento da quase totalidade das diligências, nomeadamente julgamentos, segundo o Sindicato dos Oficias de Justiça (SOJ).

O presidente do SOJ, Carlos Almeida, disse à agência Lusa que a falta de luz se deveu a um problema técnico na central elétrica do edifício, onde funcionam as varas cíveis.

Carlos Almeida adiantou que a falta de eletricidade obrigou a que a maioria dos julgamentos não se realizasse, tendo sido apenas possível fazer pequenos atos de secretaria.