Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Países emergentes planeiam criar banco e aumentar contribuições para o FMI

Lusa

  • 333

Brasília, 04 out (Lusa) - O grupo dos países BRICS, das potências económicas emergentes, vai debater, na próxima semana, em Tóquio, a criação de um banco e o aumento das contribuições para o Fundo Monetário Internacional (FMI), segundo fontes governamentais brasileiras.

Os ministros das Finanças do grupo dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) têm prevista uma reunião, a 11 de outubro, na capital japonesa, onde participam nas reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial (BM).

O encontro vai "concentrar-se em três tópicos principais" - a criação de um banco, um acordo de reservas cambiais e o reforço do peso do grupo no FMI, disseram fontes governamentais brasileiras, citadas pela agência noticiosa France Presse.