Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Países do Norte da Europa portaram-se "como vendedores de carros a crédito" -- Paul De Grauwe

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 nov (Lusa) - Os países do Norte da Europa portaram-se como "vendedores de carros a crédito" antes da crise financeira no Sul da Europa, e atualmente "não fazem nada" para a contrariar, disse hoje o académico belga Paul De Grauwe.

"Nos anos antes da crise, os países do Norte foram como vendedores de carros a crédito. Isso estimula as vendas, mas cria riscos de que os compradores possam não pagar a dívida", afirmou De Grauwe, antigo deputado no parlamento da Bélgica e professor na London School of Economics, durante a conferência Portugal em Mudança, que assinala o 50.º aniversário do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Lisboa.

"O mesmo aconteceu na zona euro. Os países do Norte acumularam grandes excedentes comerciais, o Sul tinha défices. Esses défices foram financiados por crédito dos bancos do Norte", continuou De Grauwe.