Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Países da África ocidental autorizam intervenção militar "imediata" no Mali

Lusa

  • 333

Lagos, Nigéria, 11 jan (Lusa) - A Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO) autorizou hoje o envio "imediato" de tropas para o Mali, onde foi decretado o estado de emergência, anunciou a organização.

"O presidente em exercício, depois de consultas e em conformidade com a resolução 2085 do Conselho de Segurança (da ONU), decidiu autorizar o envio imediato de tropas para o terreno no quadro da MISMA (Força Internacional de Apoio ao Mali) para ajudar o exército maliano a defender a integridade do território do país", diz um comunicado da CEDEAO assinado pelo presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, que dirige atualmente a organização regional.

Nos últimos dias intensificaram-se, no centro do Mali, os combates entre o exército maliano e os grupos islamitas armados, que desde fim de junho controlam o norte do país e tentam avançar em direção ao sul.