Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Páginas de Internet que difundam vídeos do trio Pussy Riot poderão ser bloqueadas na Rússia

Lusa

  • 333

Moscovo, 29 jan (Lusa) -- Um tribunal de Moscovo determinou hoje o caráter "extremista" dos vídeos do trio Pussy Riot, abrindo assim o caminho para bloquear as páginas na Internet que difundam os conteúdos da banda russa, refere a agência noticiosa AFP.

Um tribunal da capital da Rússia recusou-se a apreciar o recurso interposto por Ekaterina Samoutsevitch, a única integrante do trio que foi libertada pela justiça russa.

As filmagens feitas pelo grupo numa catedral ortodoxa, em 2012, foram banidas na Rússia por serem consideradas "extremistas", termo utilizado para restringir a difusão de conteúdos neo-nazis e terroristas.