Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pagar crédito com PPR com menos de cinco anos leva a perda de benefícios fiscais

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 abr (Lusa) - O resgate dos PPR para pagamento de prestações do crédito à habitação vai implicar a perda de benefícios fiscais se a poupança tiver sido feita há menos de cinco anos, de acordo com um esclarecimento feito aos deputados pelo fisco.

No ano passado, no âmbito das alterações à legislação sobre créditos à habitação num momento em que aumentava o número de famílias com dificuldades em cumprir as obrigações com os bancos, os deputados aprovaram o resgate dos Planos de Poupança Reforma (PPR) e PPR Educação (PPRE) para pagamento de prestações de crédito à habitação, sem penalizações e perda de benefícios fiscais.

No entanto, em resposta a questões de alguns deputados, a Autoridade Tributária e Aduaneira veio esclarecer que os clientes que resgatem antecipadamente os PPR só não perdem os benefícios fiscais se a poupança existir há mais de cinco anos.