Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Orquestra Gulbenkian aplaudida em Pequim

Lusa

  • 333

Pequim, 21 out (Lusa) - A Orquestra Gulbenkian foi aplaudida durante cerca de 10 minutos no maior teatro de Pequim no domingo à noite, terminando a sua tournée na China com dois 'encore'.

Foi a terceira digressão da orquestra pela China em cerca de três décadas e, desta vez, "o público foi muito mais entusiasta", disse um elemento da comitiva que acompanhou a anterior tournée, em 1999.

Além de duas peças conhecidas do reportório clássico (as sinfonias 'Pastoral' de Beethoven e 'Novo Mundo' de Dvorák), o programa incluiu uma obra do compositor português Luís de Freitas Branco ("Duas Melodias") e um Concerto para Marimba e Orquestra do percussionista brasileiro Ney Rosauro, com o solista chinês Li Biao.