Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Organizações ambientalistas avisam que diretiva de eficiência energética não permite cumprir meta

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 dez (Lusa) - As organizações ambientalistas europeias congratulam-se com a diretiva comunitária sobre eficiência energética, em vigor a partir de quarta-feira, mas defendem que, para cumprir meta de 20 por cento(%) em 2020, é necessário um maior esforço.

As organizações não governamentais europeias (ONG) e a Coligação para a Poupança de Energia aplaudem esta diretiva, que consideram "um avanço em relação à legislação existente em matéria de eficiência energética, com o objetivo reduzir 1% o consumo de energia primária nos estados-membros", refere um comunicado da Quercus.

Assim, esta diretiva, que terá de ser transposta para a lei portuguesa até junho de 2014, "poderia permitir alcançar a meta dos 20%, caso os Estados-membros tivessem revelado mais ambição e não deixassem as suas políticas nacionais serem reféns da atual crise económica".