Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Organização do Tour gasta anualmente 700.000 euros na luta antidoping

Lusa

  • 333

Paris, 10 abr (Lusa) -- A organização da Volta a França destina cerca de 700.000 euros para a luta antidoping em cada edição da mais importante prova do calendário velocipédico, disse hoje Christian Prudhomme, diretor da prova, ao senado francês.

"No conjunto da época, cerca de 700.000 euros são consagrados tendo em conta as análises, disponibilização de veículos ou alojamento. A organização é totalmente responsável pelos controladores", explicou o diretor do Tour na resposta a uma questão do presidente da comissão de inquérito sobre a eficácia do combate contra a dopagem.

Diante os senadores, Christian Prudhomme rejeitou qualquer crítica sobre eventuais atitudes negligentes face a comportamentos duvidosos de alguns ciclistas ou equipas durante a Volta a França.