Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ordem dos Enfermeiros critica "ineficiência" do sistema informático do INEM

Lusa

  • 333

Redação, 31 jan (Lusa) -- A Ordem dos Enfermeiros criticou hoje a "ineficiência" do sistema informático do INEM que põe "em risco" a qualidade do socorro prestado à população e defendeu a implementação de um Modelo Integrado de Emergência Pré-Hospitalar.

"A ineficiência do software Mobile Clinic e dos equipamentos informáticos que o suportam é mais um motivo de grande preocupação para a Ordem dos Enfermeiros" (OE), refere comunicado hoje divulgado.

Para os enfermeiros "um sistema com tamanhas fragilidades não deveria ter sido adquirido" para além de ter implicado "um gasto de 1.300 milhões de euros na sua aquisição", ou seja, "um valor muito superior aos 500 mil euros poupados pelo INEM com a integração de meios em serviços de urgência e transferidos para o Serviço Nacional de Saúde".