Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ordem do Governo para "não pagar subsídios este mês viola lei em vigor" -- STE

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jun (Lusa) -- O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE) afirmou esta noite que a "ordem estranha" dada pelo Governo aos serviços públicos para que não paguem subsídio de férias em junho "viola a lei em vigor".

Terça-feira à noite foi conhecida, através de uma notícia divulgada pela agência Lusa, a ordem dada pelo Governo aos serviços públicos para que estes não paguem o subsídio de férias em junho, apesar de a suspensão ter sido chumbada pelo Tribunal Constitucional e de não estar em vigor a proposta do executivo que remete para novembro esse pagamento.

Em declarações à agência Lusa, a vice-presidente do Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado, Helena Rodrigues, considerou que "estranha a ordem" que foi dada, recordando que "os dirigentes de cada serviço estão obrigados a cumprir a lei e o que a lei diz" e o que está em vigor determina que "os subsídios de férias são pagos em junho".