Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Orçamento de Estado é de difícil execução e um grande peso para famílias e empresas" - Vieira Monteiro

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 out (Lusa) - O Governo terá dificuldades em cumprir as medidas que deverão constar no Orçamento de Estado, na opinião do presidente do Santander Totta, que destaca o "grande peso para as famílias e as empresas" que o mesmo impõe.

"Nós estamos com um Orçamento de Estado que é de difícil execução e que é um grande peso para as famílias e empresas", afirmou hoje António Vieira Monteiro, líder do Santander Totta, durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados dos primeiros nove meses do ano do banco.

O banqueiro realçou que "a percentagem dos impostos sobre o PIB mantém-se quase ao mesmo nível, nos 42%. A única diferença é que anteriormente era constituída por impostos diretos e indiretos, e agora é constituída, sobretudo, por impostos diretos sobre a vida das pessoas".