Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oposição venezuelana suspeita das declarações oficiais sobre saúde de Chávez

Lusa

  • 333

Caracas, 23 fev (Lusa) -- A oposição venezuelana manifestou na sexta-feira a sua suspeita de que o estado de saúde de Hugo Chávez é "muito mais grave" do que o Governo admite, enquanto indígenas realizaram rituais ancestrais para pedirem pela saúde do governante.

Chávez não surge em público há mais de 70 dias, desde 08 de dezembro de 2012, o que "evidencia que a sua situação é muito mais grave do que o Governo diz", defendeu o secretário executivo adjunto da coligação da oposição venezuelana Mesa de Unidade (MUD), Ramón José Medina.

"Há mais de dois meses que não sabemos verdadeiramente o destino do Presidente, onde está, como está e qual a sua condição", disse Medina num encontro com a imprensa internacional, considerando a informação oficial divulgada como "insuficiente e irresponsável", mas suficiente para mostrar que Chávez "não tem capacidade para exercer as suas funções".