Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oposição venezuelana planeia organizar protestos se tomada de posse de Chávez for adiada

Lusa

  • 333

Caracas, 07 jan (Lusa) - O líder da oposição venezuelana Julio Borges apelou, no domingo, para a realização de protestos se o Governo de Caracas decidir adiar a cerimónia de tomada de posse do Presidente Hugo Chávez, que luta contra o cancro.

O mesmo político, do partido Justiça Primeiro, também garantiu que irá apresentar queixas a organizações internacionais se o juramento de Chávez não tiver lugar no próximo dia 10 de janeiro.

"As pessoas devem preparar-se para protestar contra o que será um falhanço na defesa da Constituição", disse Borges, salientando que a oposição está a "preparar uma campanha, que passa por recorrer a instituições, países, embaixadas e organizações fora da Venezuela para as deixar saber que as autoridades estão a distorcer a Constituição devido a um problema interno".