Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oposição venezuelana garante que não permitirá ditadura

Lusa

  • 333

Caracas, 18 mai (Lusa) - O líder da oposição venezuelana, Henrique Capriles, voltou na sexta-feira a questionar os resultados das presidenciais e exortou os venezuelanos a juntarem-se à luta pela democracia, sublinhando que não permitirá a instauração de uma ditadura na Venezuela.

"Como vemos que estão a dilatar o processo, convoco todos os venezuelanos a aderirem ao recurso [interposto no Supremo Tribunal de Justiça] e a continuarem a participar nesta luta", disse perante milhares de pessoas em Barcelona, a 320 quilómetros a oeste de Caracas.

O apelo de Capriles tem lugar um dia depois de o Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela anunciar que os resultados de uma auditoria realizada confirmavam "a robustez do sistema eleitoral venezuelano que resulta em zero erros", um anúncio que disse ser uma "farsa".