Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oposição alemã propõe introdução de salário mínimo

Lusa

  • 333

Berlim, 11 jul (Lusa) -- O Partido Social Democrata (SPD) e os Verdes, na oposição na Alemanha, anunciaram hoje que pretendem com urgência introduzir um salário mínimo de 8,50 euros por hora, se vencerem as eleições, em conjunto, de setembro.

O candidato do SPD, Peer Steinbrück, e uma das líderes dos Verdes, Katrin Göring-Eckardt, fizeram esta proposta num ato eleitoral conjunto e aproveitaram a oportunidade para criticar a recusa da chanceler alemã, Angela Merkel, em introduzir o salário mínimo.

Steinbrück disse que a proposta procura a "justiça social" e é "economicamente razoável", porque iria aumentar o poder de compra das famílias e melhorar as receitas do Governo através de impostos, diminuindo assim o volume de ajudas.