Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Operários da fábrica de Évora da Kemet exigem esclarecimentos sobre futuro da unidade

Lusa

  • 333

Évora, 17 jan (Lusa) - Os trabalhadores da fábrica de Évora da Kemet Electronics exigiram hoje à administração que esclareça o futuro da unidade fabril, defendendo a manutenção das atuais linhas de produção de condensadores de tântalo e eletrolíticos.

O delegado sindical, Hugo Fernandes, disse à agência Lusa que os trabalhadores querem que a administração da fábrica esclareça se a anulação do despedimento coletivo "é um adiamento ou se é definitivo".

"Queremos saber se isto é um adiamento ou se é definitivo. Se for um adiamento, queremos saber por quanto tempo", afirmou o também dirigente do Sindicato das Indústrias Elétricas do Sul e Ilhas (SIESI).