Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Operações no Porto de Lisboa podem "parar totalmente" nas próximas 4 semanas - Sindicato

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- Os estivadores do Porto de Lisboa, que hoje iniciam uma greve parcial durante as próximas quatro semanas, poderão suspender totalmente a operação portuária caso a administração insista em utilizar trabalhadores temporários sem formação.

"Se, efetivamente, continuarem a utilizar trabalhadores estranhos à atividade no meio do circuito de operação portuária, os trabalhadores vão mesmo parar totalmente. Não iremos aceitar e podemos mesmo parar totalmente, não o Porto de Lisboa, mas a operação", disse à Lusa o presidente do Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul, António Mariano.

Os estivadores do Porto de Lisboa vão entrar novamente em greve a partir de hoje e durante quatro semanas. Nas duas primeiras semanas os estivadores param uma hora por dia (das 09:00 às 10:00) e, nas duas semanas seguintes, a paragem será de duas horas por dia (entre as 09:00 e as 10:00 e entre as 15:00 e as 16:00).