Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Operação "Monte Branco": Tribunal mantém prisão preventiva para suíço Michel Canals

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 ago (Lusa) -- O Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) manteve em prisão preventiva o suíço Michel Canals, detido por alegados crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, disse hoje à Lusa fonte judicial.

Michel Canals, alegado cabecilha de uma rede, está em prisão preventiva desde 19 de maio, juntamente com outro dois arguidos - Nicola Figueiredo e Francisco Canas-, existindo ainda José Pinto a quem foi estipulada uma caução de 200.000 euros e determinada a proibição de ser ausentar do país até a pagar e de contactar com os outros suspeitos.

O juiz Carlos Alexandre, do TCIC, decidiu renovar a medida de coação aplicada há três meses, no seguimento da reavaliação trimestral prevista para todos os arguidos submetidos a medidas de coação privativas de liberdade.