Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU: Timor-Leste vai falhar Objetivos do Milénio, mas planeia ser país de rendimento alto até 2030 - Xanana

Lusa

  • 333

Nações Unidas, Nova Iorque, 26 set (Lusa) - O primeiro ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, afirmou hoje que o país vai falhar os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), mas que, até 2030, planeia chegar ao patamar das nações de rendimento médio-elevado.

"O grande desafio atual é combate a pobreza, que partilhamos com 1.000 milhões de pessoas no nosso planeta", disse o chefe de governo timorense, último líder mundial a falar no primeiro dia do debate anual da Assembleia Geral da ONU, próximo das 22:00 locais (03:00 de Lisboa) e perante uma sala já praticamente vazia.

Assim, até 2015 o país não vai cumprir os objetivos de desenvolvimento do milénio, adiantou, mas tem "visão, objetivo e um plano" para transformar Timor-Leste num país de rendimento médio-elevado até 2030.