Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU: PR de Cabo Verde defende reforma do Conselho de Segurança e pede apoio para nova vaga de dirigentes africanos

Lusa

  • 333

Nações Unidas, Nova Iorque, 27 set (Lusa) - O presidente de Cabo Verde defendeu hoje a reforma do Conselho de Segurança da ONU, que deverá contar com um Estado da África, e pediu o apoio internacional para a nova e promissora vaga de dirigentes africanos.

Jorge Carlos Fonseca, que discursava na 67.ª Assembleia Geral das Nações Unidas, a decorrer em Nova Iorque, manifestou também "grande preocupação" com a "profunda crise económica e financeira" mundial, que está a "penalizar dramaticamente" um continente africano já afetado com a SIDA, conflitos sociais e deslocados.

Para o chefe de Estado cabo-verdiano, África está também a ser cada vez mais assolada com o terrorismo, tráfico de droga e de seres humanos, pirataria marítima e intolerância religiosa, dando como exemplo os casos da Guiné-Bissau, Mali, Sudão, Somália, RDCongo e "alguns países do Magrebe".