Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU pede à Bolívia ações para acabar com justiça popular

Lusa

  • 333

La Paz, 13 jun (Lusa) -- O gabinete das Nações Unidas para os Direitos Humanos (OACNUDH) apelou hoje às autoridades bolivianas que assumam "ações determinantes"para travar os linchamentos depois de nas últimas semanas se terem registado quatro novos casos.

Os populares dizem atuar em nome da "justiça comunitária".

Em declarações à agência Efe, o representante da OACNUDH na Bolívia, Denis Racicot, assinalou que o organismo internacional recusa esta alegada forma de aplicar a justiça e que por diversas vezes pediu "ações concertadas das autoridades do país para procurar soluções" e "tentar acabar com esta prática n o país".