Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU faz ultimato à RD Congo para agir contra soldados acusados de violações

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 28 mar (Lusa) -- As Nações Unidas fizeram na quarta-feira um ultimato de uma semana à República Democrática do Congo para tomar medidas contra dois batalhões do exército acusados de perpetrarem pelo menos 126 violações, disseram diplomatas.

O chefe das operações de manutenção de paz da ONU, Herve Ladsous, apresentou o ultimato numa reunião com o ministro dos Negócios estrangeiros da República Democrática do Congo, Raymond Tshibanda, na quarta-feira, na sede da organização, noticiou a AFP.

A reunião foi realizada numa altura em que o Conselho de Segurança da ONU se prepara para votar no dia de hoje uma resolução que propõe a criação de um grupo de intervenção para ajudar o exército a combater os rebeldes no leste da República Democrática do Congo.