Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU critica Rússia por acusações de tortura

Lusa

  • 333

Nações Unidas, Nova Iorque, 24 nov (Lusa) -- O Comité Contra a Tortura das Nações Unidas teceu duras críticas à Rússia por falhar em investigar denúncias de tortura e o aumento de atos intimidatórios e represálias contra ativistas dos direitos humanos e jornalistas, amplamente difundidas.

Num relatório, divulgado esta sexta-feira, o painel de dez especialistas independentes instou o governo russo a adotar "medidas imediatas e efetivas para prevenir todos os atos de tortura e maus-tratos em todo o país e a eliminar a impunidade daqueles que alegadamente os cometem".

O comité, que avalia o cumprimento da Convenção Internacional Contra a Tortura, de 1987, expressou ainda a sua profunda preocupação relativamente às inúmeras acusações de que detidos têm sido alvo de tortura de modo a serem obtidas confissões, as quais têm sido alegadamente usadas como prova em tribunal.