Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU continuará a mediar litígio entre a Venezuela e Guiana por Essequibo

Lusa

  • 333

Caracas, 01 set (Lusa) -- A Venezuela e a Guiana decidiram manter a ONU como mediadora do litígio de mais de 50 anos entre ambos países pelo território Essequibo, anunciou hoje o Presidente Nicolás Maduro na sua primeira visita àquele país vizinho.

"Ratificamos o mecanismo de mediação das Nações Unidas sobretudo pelo trabalho feito pelo professor Norman Girvan para continuar a avaliar o tema através do direito internacional", disse Nicolás Maduro numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo guianês, Donald Ramotar.

O Essequibo ou Guiana Esequiba é um território com 159.500 quilómetros quadrados administrado pela Guiana, mas que as autoridades da Venezuela reclamam internacionalmente como parte do seu país.