Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU aceita proposta de Damasco de conversações sobre armas químicas

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 11 jul (Lusa) -- A ONU anunciou na quarta-feira que aceitou a proposta do governo sírio para que dois dos seus altos responsáveis se desloquem a Damasco para conversações sobre a alegada utilização de armas químicas no conflito.

O convite de Damasco foi endereçado a Ake Sellstrom, um cientista sueco nomeado em março pelas Nações Unidas para dirigir uma missão de investigação sobre as armas químicas na Síria, e a Angela Kane, a alta representante da ONU para o desarmamento.

Os dois "aceitaram o convite do governo sírio para se deslocarem a Damasco e terminarem as consultas sobre as modalidades de cooperação necessária" para uma eventual investigação no local, disse o porta-voz da ONU, Martin Nesirky, sem indicar a data da visita.