Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ondjaki, vencedor do Prémio Saramago, tem esperança numa Angola mais justa

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 nov (Lusa) -- O escritor Ondjaki, distinguido hoje com o Prémio Samarago, pelo romance "Os transparentes", afirmou ter esperança numa Angola mais justa em que as pessoas possam expor e debater "as suas convicções ainda com mais liberdade".

"Alimento todos os dias uma esperança quase ridícula, quase utópica, de uma Angola mais justa. Enquanto espero, abraço aqueles que quando vão falar estão preparados para escutar", disse.

O livro, afirmou o escritor angolano, "é um abraço aos que não se acomodam, mas antes se incomodam".