Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OMS: Faltam 7,2 milhões de profissionais de saúde e em 2035 faltarão quase o dobro

Lusa

  • 333

Recife, Brasil, 11 nov (Lusa) - A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta hoje que faltam 7,2 milhões de profissionais de saúde no mundo e que o défice subirá para 12,9 milhões até 2035, com graves implicações para milhares de milhões de pessoas.

As conclusões constam do estudo "Uma verdade universal: Não há saúde sem profissionais", hoje divulgado pela OMS durante o terceiro Fórum Global sobre os Recursos Humanos da Saúde, que reúne mais de 1.300 participantes de 85 países, incluindo 40 ministros da Saúde, no Recife, Brasil.

Embora reconheça haver melhorias desde o último estudo sobre o assunto, em 2006, o relatório indica que 83 dos 186 países com informação disponível, ou seja 44,6%, ainda não atingiram sequer o patamar mínimo definido pelo Relatório Mundial de Saúde de 2006, que prevê 22,8 profissionais de saúde qualificados por cada 10.000 habitantes.