Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Omã manifestou interesse na construção naval portuguesa - AICEP

Lusa

  • 333

Mascate, 16 dez (Lusa) -- O sultanato de Omã mostrou-se interessado em áreas relacionadas com os produtos agroalimentares e construção naval portuguesa, disse hoje à Lusa o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

"Ao ser um país portuário, Omã, tem interesse na construção naval e isso é um dado importante para os nossos estaleiros no sentido do fabrico ou simplesmente manutenção de embarcações de pequena e média dimensão" disse Pedro Reis, que acompanha, desde sábado, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros na deslocação a vários Estados do Golfo Pérsico, acrescentando que o agroalimentar é um dos setores de interesse por parte das autoridades de Mascate.

"A outra área em que nos foi sugerido interesse é toda a área agroalimentar e nesse sentido promovemos uma série de reuniões com importadores que queremos levar agora a Portugal. Nas áreas dos vegetais e de alguns produtos já transformados como polpas de fruta, sumos e derivados de cereais. Depois há toda a área das tecnologias de informação e conhecimento, sobretudo, na rede de comunicações e há também interesse em farmacêuticas e análises médicas", explicou o presidente da AICEP no final da visita a Mascate.