Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oito ativistas da Greenpeace detidos em Israel por protestarem contra a exploração no Ártico

Lusa

  • 333

Jerusalém, 21 mar (Lusa) -- A polícia israelita prendeu hoje oito ativistas da Greenpeace, que se acorrentaram no alto de uma ponte na entrada de Jerusalém para exigir ao Presidente norte-americano, Barack Obama, em visita a Israel, que pare as perfurações exploratórias no Ártico.

"Nós prendemos oito militantes para os interrogar, mas continuam outros cinco no local", declarou à agência de notícias AFP o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Vários ativistas da Greenpeace, vestidos com fatos-macaco brancos e capacetes amarelos, subiram a "Ponte das Cordas", em Jerusalém, uma estrutura de cabos metálicos que tem vista para um cruzamento de estradas muito movimentadas na entrada da cidade.