Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: PS diz que nunca será boia de salvação do Governo e acusa Passos de fazer chantagem

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 out (Lusa) - O PS acusou hoje o primeiro-ministro de fazer "chantagem" com o Tribunal Constitucional e com os socialistas e rejeitou o desafio para apresentar um Orçamento alternativo, alegando que nunca será boia de salvação do Governo.

Estas posições foram assumidas pelo presidente da bancada do PS, Alberto Martins, depois de o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, no encerramento das Jornadas Parlamentares do PSD e CDS, ter lançado um repto à oposição, sobretudo a quem pertence ao arco da governabilidade, para apresentar uma proposta alternativa de Orçamento do Estado para 2014.

"A intervenção do primeiro-ministro confirmou o pior: O Governo vive fora da realidade, distante da vida dos portugueses, os governantes não saem de São Bento. Por mais propaganda que faça, o Governo não consegue esconder o brutal aumento de impostos, os cortes nos salários e pensões, e os cortes na educação e saúde", declarou Alberto Martins.