Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: Pressões do lado da despesa podem levar défice para 6,8% - Ministra das Finanças

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) -- A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, afirmou hoje que há "fatores que o Governo não controla" a ter em conta em 2014 e que podem levar o défice orçamental para os 6,8% do Produto Interno Bruto (PIB).

Maria Luís Albuquerque afirmou que, em 2013, o défice teria sido de 5,8%, excluindo medidas pontuais (como o perdão fiscal e o crédito fiscal extraordinário), acrescentando que, para 2014, "há pressões orçamentais" de valor equivalente a 1% do PIB, que poderiam levar o défice para os 6,8%.

"A este valor [5,8% em 2013] acrescem pressões orçamentais, fatores que o Governo não controla mas que fazem aumentar a despesa pública", referiu a ministra, destacando os encargos com as parcerias público-privadas face a 2013, o aumento do número de pensionistas e reformados e a constituição de uma dotação provisional para cobrir despesas não previstas.