Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: CES considera "inaceitável" corte nos salários a partir de 600 euros

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 out (Lusa) -- O Conselho Económico e Social (CES) considera "inaceitável" que a redução salarial proposta pelo Governo no Orçamento do Estado para 2014 seja aplicada aos funcionários públicos com remunerações a partir de 600 euros.

No projeto de parecer sobre o Orçamento do Estado para 2014, ao qual a Lusa teve acesso, "o CES considera inaceitável que esta redução remuneratória atinja funcionários de baixos rendimentos, visto que serão abrangidos os funcionários com salários superiores a 600 euros".

No documento de trabalho que será discutido na segunda-feira, na primeira reunião do grupo de trabalho da Comissão Especializada de Política Económica e Social (CEPES), o CES sublinha que não pode "deixar de discordar com a forma como se vai processar essa prioridade de redução da despesa".