Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Simulações de IRS dadas pelo Governo aos deputados têm várias incorreções - PwC

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) -- As simulações do IRS entregues pelo Governo aos deputados do PSD e CDS apresentam erros no cálculo da coleta dos contribuintes com rendimentos mais baixos e na sobretaxa dos casados, por exemplo, de acordo com uma análise da PricewaterhouseCoopers (PwC).

Entre as incorreções detetadas pela consultora, numa análise feita a pedido da Lusa, estão ainda a falta de consideração da taxa de solidariedade de 2012 e 2013 para o último escalão de rendimento, erros no cálculo da sobretaxa dos contribuintes casados, pois não considera a dedução do valor anual de retribuição mínima mensal por sujeito passivo (dois contribuintes), e não considera também corretamente o número de dependentes, entre outros.

Na manhã de terça-feira, os ministros dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, e das Finanças, Vítor Gaspar, reuniram-se com os deputados dos grupos parlamentares do PSD e do CDS-PP. Durante a reunião foram distribuídas pelo Governo simulações que serão da sua autoria aos deputados, e também aos jornalistas que acompanhavam a reunião fora da sala.