Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: "Recusar este orçamento é recusar o programa de ajustamento" -- Vítor Gaspar

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) -- O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, disse hoje que recusar a proposta de orçamento para 2013 (OE2013) equivale a "recusar o programa de ajustamento" negociado com a 'troika'.

"Esta proposta é a única possível. Não temos qualquer margem de manobra. Pôr em causa o orçamento é pôr em causa o programa de ajustamento", afirmou Gaspar durante uma conferência de apresentação do OE2013.

"As alternativas de um segundo programa ou da reestruturação da dívida têm associados riscos muito sérios: o colapso da credibilidade dificultaria o acesso ao financiamento", continuou Gaspar. "Probabilidade de um ciclo vicioso [de recessão] aumentaria. Teríamos uma prolongada tutela dos nossos credores".