Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Recuo parcial no aumento do imposto sobre o tabaco custa 40 milhões - Governo

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 dez (Lusa) -- O recuo parcial no Orçamento para 2013 no aumento da tributação sobre os charutos, cigarrilhas e tabaco de enrolar pode custar 40 milhões de euros aos cofres do Estado, estima o Governo num documento a que a Lusa teve acesso.

No final do último dia de votações na especialidade do Orçamento do Estado para 2013 (OE2013), os deputados aprovaram uma proposta apresentada da maioria PSD/CDS-PP que aligeirava o aumento proposto inicialmente pelo Governo nos impostos sobre os charutos, cigarrilha, tabaco de corte fino destinado a cigarros de enrolar e restantes tabacos de fumar.

No documento a que a Agência Lusa agora teve acesso, em que o Governo estima o impacto das mudanças feitas no Parlamento à sua proposta de OE2013, o Executivo diz que as mudanças na tributação do tabaco se refletem numa redução de 40 milhões de euros na receita fiscal prevista inicialmente.