Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Receita do imposto de circulação mantém-se apesar de agravamento entre 1,3% e 10%

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) - O Governo prevê que a receita proveniente do Imposto Único de Circulação (IUC) seja igual à deste ano, apesar de um aumento entre 1,3% e 10% do imposto, principalmente para carros de alta cilindrada.

Segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2013 (OE2013), entregue hoje na Assembleia da República, o Governo refere no seu relatório que, no que concerne ao IUC, "prevê-se para 2013 a manutenção do nível de receita líquida estimado para a execução da receita fiscal em 2012", atingindo assim uma receita líquida de 198,6 milhões de euros.

A partir de 1 de janeiro do próximo ano, os carros vão passar a pagar mais IUC, um aumento que varia entre os 1,3% e os 10%, principalmente para os de alta cilindrada.